• Cláudio Veríssimo

O que é um disquete de computador?

Atualizado: 11 de Dez de 2020

O Disquete é um componente que foi amplamente utilizado na época da popularização dos computadores pessoais. Desse modo, ele servia para auxiliar os usuários e as empresas na realização de backups.


Assim, o tamanho do armazenamento deles era bem pequeno, porém antigamente os arquivos eram mais leves. Então é sobre isso que estaremos falando nesse artigo que trará diversas informações interessantes.


Disquetes de um Computador
Disquetes de um Computador

Definição de Disquete


Esse tipo de componente chamado de disquete servia para fazer backups e armazenava as informações dos computadores. Ao passo que sua estrutura era composta pelos seguintes itens:

  • Disco fino e flexível (magnético);

  • Plástico em formato de retangulo e que selava o produto;

  • Tecido que não permitia com que a poeira pudesse adentrar no componente;

  • Trava de segurança para não permitir com que os dados fossem removidos;

  • Etiqueta para a identificação do conteúdo.

Veja quais foram as medidas utilizadas nesse produto durante o seu período de uso:

  • 8 polegadas: 200 mm;

  • 5 por 1 quarto: 133 mm;

  • 3 e meia: 90 mm.

Por certo, eles foram fundamentais e tiveram sua popularização entre os anos de 1970 e de 2000. Com o surgimento de outros tipos de mídias removíveis o disquete acabou perdendo força no mercado.


Já que a sua capacidade é amplamente inferior em relação aos HD externos e os Pen Drives atuais. Além disso, as placas-mãe não contam mais com os suportes que permitem o uso desses produtos.


A conexão USB facilitou muito o processo e ainda é possível conectar um drive de disquete através dela. Entretanto, hoje em dia não há uma real necessidade para a sua utilização na realização de backups.



Quais foram os modelos de disquete utilizados durante o tempo?


Aqui nós temos uma listagem com os tipos de disquetes e a data na qual eles foram fabricados, confiram:

  • 1971: 8 polegadas e 80 Kilobytes de capacidade;

  • 1973: 8 polegadas e 256 kilobytes de capacidade;

  • 1974: 8 polegadas e 800 kilobytes de capacidade;

  • 1975: 8 polegadas e 1 megabyte de capacidade;

  • 1976: 5 por 1 quarto de polegadas e 160 kilobytes de capacidade;

  • 1978: 5 por 1 quarto de polegadas e 360 kilobytes de capacidade;

  • 1980: 5 por 1 quarto de polegadas e 720 kilobytes de capacidade;

  • 1984: 5 por 1 quarto de polegadas e 1.2 megabytes de capacidade;

  • 1984: 3 polegadas e 320 kilobytes de capacidade;

  • 1987: 3 e meia polegadas e 1.44 megabytes de capacidade;

  • 1991: 3 e meia polegadas e 2.88 megabytes de capacidade;

  • 1993: 3 e meia polegadas e 5.76 megabytes de capacidade.


Artigo escrito por Cláudio Veríssimo: Escritor e Redator (Freelancer).

Com experiência de 2 anos como Redator e Escritor, Cláudio é Técnico em Informática, Publicitário e Pós-graduado em MBA Em Comunicação e Marketing.

Ele também já escreveu centenas de artigos para a internet com configuração SEO e todos os seus textos são de autoria própria. Em breve será lançado o seu e-book "Aprendendo a Jogar Xadrez".


Proibida a cópia ou reprodução do artigo sem o consentimento do autor.

10 visualizações