• Cláudio Veríssimo

A história da Fórmula 1

Essa competição chamada de Fórmula 1 é uma das mais conhecidas no mundo todo. Dessa maneira, muitos pilotos famosos já passaram por essa modalidade de velocidade.


Assim, a cada ano as equipes tentam melhorar seus carros e investem em mais tecnologia. Então continue lendo o artigo que preparei, onde conto a história desse grande campeonato.



Fórmula 1 - Ferrari
Fórmula 1 - Ferrari


Os primórdios da Fórmula 1


De acordo com as informações referentes a esse campeonato, tudo iniciou em 1950. Onde a criação do torneio foi realizado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo).


Contudo, desde o século XIX onde muitas outras corridas já eram feitas na Europa. Nesse sentido, a Fórmula 1 ainda não havia sido organizada como é atualmente.


Pois, muitas delas ainda eram feitas em estradas e não nos circuitos. Data-se que em 1895 ocorreu um desses eventos. Que se iniciava em Paris e terminava na cidade de Bordeaux.


Ao todo foram cerca de 1.200 quilômetros e aproximadamente 48 horas de disputa. O primeiro GP (Grande Prêmio) que se tem ciência foi realizado em 1901.


Isso aconteceu em Le Mans (França) durante esse período. Somente após a segunda guerra mundial é que realmente surgiu a Fórmula 1. Que passou a contar com diversas escuderias, tais como:

  • Ferrari;

  • Alfa Romeo;

  • Mercedes;

  • Maserati;

  • Entre outras.




Quando a Fórmula 1 começou?


No ano de 1950 foi realizada a primeira corrida da modalidade automobilística. Mais precisamente isso aconteceu em 10 de abril. Porém, essa disputa não fazia parte do calendário oficial da competição.


Vale ressaltar que nesse evento, o vencedor foi Juan Manuel Fangio. Que era o piloto principal da escuderia Maserati. Somente em 13 de maio é que tivemos a inauguração oficial da Fórmula 1.


Assim, o piloto Nino Farina foi o grande vencedor. Superando os adversário com seu carro Alfa Romeo. Por certo, o domínio das corridas ficou por conta de três excelentes motoristas:

  • Juan Manuel Fangio;

  • Nino Farina;

  • Alberto Ascari.

De fato, Farina ganhou o título no ano de 1950. Enquanto que Ascari dominou em 1952/1953. Já Manuel Fangio venceu nos seguintes anos:

  • 1951;

  • 1954;

  • 1955;

  • 1956;

  • 1957.

Além disso, Fangio participou das competições sendo piloto de 4 escuderias diferentes. Inicialmente a Fórmula 1 era realizada apenas na própria Europa e nos EUA.


Devido ao fato de Fangio ser Argentino, o país sediou a modalidade. Em meados de 1959 e 1960 quem se destacou foi Jack Brabham (Australiano). Sendo que ele pilotava um carro Cooper. Vale lembrar que em 1958 Mike Hawthorn se sagrou campeão.




Os anos 60 e 70 para a Fórmula 1


Durante essa década de 60, os pilotos ingleses foram muito superiores. Ganhando a maioria dos campeonato disputados na modalidade. Além disso, a Lotus surgiu durante esse período e se destacou bastante.


Já no ano de 1967 houve uma expansão nas corridas da Fórmula 1. Pois, elas eram disputadas em vários locais e possuía 12 corridas no total. Com isso, a Ford acabou vencendo o torneio juntamente com a Lotus.


Já que a empresa é quem concedia os itens necessários para o carro da escuderia. Ao passo que seus motores V8 permitiram a vitória em 12 dos campeonatos disputados.


Sendo que eram 15 no total durante todo esse período de tempo. Por certo, os aerofólios e os cockpit (bancos dos pilotos) foram inseridos nessa década. Chegando em 1970, surgiram grandes pilotos, tais como:

  • Emerson Fittipaldi;

  • Niki Lauda;

  • Gilles Villeneuve;

  • Entre outros.

Assim, Fittipaldi venceu em 1972 e 1974 com a Lotus e a McLaren respectivamente. Dessa maneira, a Fórmula 1 foi ficando cada vez mais interessante e melhorou sua audiência. Niki Lauda da Ferrari foi o campeão em 1975 e no ano de 1977.



Fórmula 1 - Antiga
Fórmula 1 - Antiga


Década de 80 e 90


Com toda a certeza, a década de 80 foi uma das melhores para os pilotos brasileiros. Já que foram muitos títulos obtidos na época, confira:

  • Nelson Piquet: 1981, 1983 e 1987;

  • Ayrton Senna: 1988 e 1990.

Alain Prost venceu nos anos de 1985, 1986 e em 1989. Sendo um dos grandes pilotos da modalidade na década. Em 1988 Ayrton Senna chegava para compor a equipe da McLaren.


Onde venceu em 1988 e perdeu em 1989 para o próprio companheiro de equipe Alain Prost. Que mais tarde foi contratado pela Ferrari e perdeu o título de 1990 para Senna.


Na década de 90, surgiram os componentes eletrônicos, tais como a suspensão ativa. Que levou a Williams a vencer em 1992 e 1993 através de Nigel Mansell e Alain Prost.


Senna havia vencido o torneio de 1991, mas não conseguiu superar os adversários. Em 1994, Michael Schumacher foi o grande vencedor da Fórmula 1 pilotando uma Benetton.

Assim, os campeões dos anos 90 foram:

  • Michael Schumacher: 1994, 1995 e 2000;

  • Damon Hill: 1996;

  • Jacques Villeneuve: 1997;

  • Mika Hakkinen: 1998 e 1999.




Década de 2000 em diante


Logo de início a Ferrari passou a dominar os anos 2000. Sendo campeã através de Schumacher de 2001 até 2004. O que permitiu a ele chegar ao patamar de Heptacampeão mundial.


A aposentadoria do piloto foi feita em 2006. Entretanto, ele resolveu voltar em 2010 e ficou na modalidade até 2012. Além disso, Rubens Barrichello se tornou o piloto com mais corridas realizadas (326).


E a Ferrari passou a contar com o brasileiro Felipe Massa para disputar a Fórmula 1. Os motores foram sendo aprimorados e passaram a alcançar velocidades muito elevadas.


Porém, foram necessários alguns ajustes para evitar problemas. Já que deveria haver um equilíbrio na velocidade máxima alcançada. Logo após essa década de 2000, surgiu o Piloto Lewis Hamilton.


Que foi campeão nos seguintes períodos:

  • 2014;

  • 2015;

  • 2017;

  • 2018;

  • 2019.

De fato, a Mercedes pilotada por ele garantia os bons resultados do piloto. Enquanto que em 2016 Nico Rosberg foi campeão, sendo que ele também é da mesma escuderia.



As bandeiras utilizadas na pista


A Fórmula 1 conta com algumas bandeiras para alertar os pilotos. Com isso, temos as seguintes funções:

  • Bandeira Amarela: Alerta os pilotos quanto a carros parados ou pontos perigosos na pista.

  • Bandeira Azul: os últimos colocados devem permitir a passagem de carros mais velozes;

  • Bandeira Verde: Tudo normalizado;

  • Bandeira Vermelha: problemas graves na pista ou término da corrida;

  • Bandeira Listrada: circuito escorregadio, requer atenção;

  • Bandeira Branca: algum carro mais lento está na pista naquele momento;

  • Quadriculada: demonstra que algum dos pilotos venceu o GP;

  • Bandeira Metade Branca e Metade Preta: algum piloto cometeu atitudes não permitidas na competição;

  • Bandeira Preta: Desclassificação;

  • Bandeira Preta com um círculo na cor laranja: Problemas técnicos com algum piloto.




Quais foram os maiores campeões da Fórmula 1?


Confira a lista com os 10 maiores vencedores da Fórmula 1 (Campeonatos):

  1. Michael Schumacher: 7 títulos;

  2. Lewis Hamilton: 6 títulos;

  3. Juan Manuel Fangio: 5 títulos;

  4. Alain Prost: 4 títulos;

  5. Sebastian Vettel: 4 títulos;

  6. Ayrton Senna: 3 títulos;

  7. Jackie Stewart: 3 títulos;

  8. Nelson Piquet: 3 títulos;

  9. Niki Lauda: 3 títulos;

  10. Jack Brabham: 3 títulos.


Artigo escrito por Cláudio Veríssimo: Escritor e Redator.

Autor de mais de 4 mil artigos escritos e publicados na internet (configurados para SEO).

Site: https://www.globalconhecimentos.com/

Favor não copiar ou reproduzir o artigo sem o consentimento do autor.

Contato para Redator Freelancer: claudio_publicitario@yahoo.com.br

5 visualizações